PRODUÇÃO E DEFESA CONTRA INCÊNDIOS ANDALUZIA (ESPANHA)

  • Alfonso M. Doctor Universidade de Coimbra
Palavras-chave: Incêndios florestais, elementos territoriales, escalas da análise, causa de incêndio, competência em desenvolvimento y Plan INFOCA.

Resumo

Após umas reflexões iniciais acerca do caráter natural ou antrópico do risco de incêndio florestal, o autor expõe os resultados da sua investigação na Serra Morena, as montanhas que separam Andaluzia da Meseta castelhana. Da análise da distribuição dos focos se deduz (sem que desapareça completamente a certa aleatoriedade que caracteriza este fenômeno, que não é senão manifestação da confluência de uma extraordinária multiplicidade de factores) a sua dependência em respeito à distribuição da actividade humana no meio florestal, regida, por sua vez, pelas próprias características do território. Finalmente, efectua-se uma valoração qualitativa e quantitativa das razões do sucesso do sistema de defesa contra incêndios florestais implementado pela Junta de Andalucia.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2004-09-12
Secção
Artigos