O litoral brasileiro: a valorização do espaço e os riscos socioambientais

  • Antonio Carlos Vitte Departamento de Geografia, UNICAMP, Campinas (SP), Brasil
Palavras-chave: Litoral, valorização do espaço, urbanização, exclusão social, riscos sócioambientais.

Resumo

O litoral brasileiro está definido na Constituição Federal de 1988 como património natural. A sua extensão é de 7637 km de linha de costa, podendo alcançar 8500 se se considerarem as baías. A sua história morfogenética começa no período Cretácico, mas as diversidades e complexidades da linha de costa brasileira estão associadas também às mudanças climáticas do Quaternário. Os riscos socioambientais no litoral brasileiro estão associados ao processo de valorização capitalista do espaço, principalmente a partir de 1950 com a construção de instalações industriais e actualmente com a expansão de segundas residências, hotéis e complexos hoteleiros, além da exclusão social que obriga as famílias a construir as suas residências em áreas de risco, como os esteiros e os mangais.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2003-09-13
Secção
Artigos