Para uma cultura dos riscos

  • António Amaro Escola Superior de Saúde de Alcoitão
Palavras-chave: Cultura do risco, riscos, segurança, prevenção, educação-formação, cidadania, mudança, ciências cindínicas, ambiente, perigo, organização.

Resumo

Num mundo em transformação acelerada, aos níveis económico, tecnológico e sócio-cultural, donde emergem novos riscos e novas prioridades de abordagem, é fundamental criar mecanismos que motivem e reforcem a cultura de segurança como direito e dever de cidadania. A mobilização dos cidadãos para a problemática da prevenção dos riscos, de qualquer natureza, é condição fundamental para a promoção do bem-estar e qualidade de vida em sociedade. Porque o risco está hoje na centralidade da vida moderna, a sociedade do risco não é uma opção, mas é possível, com esforço de todos, promover uma sociedade com mais prevenção, segurança, saúde e qualidade de vida.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2003-09-13
Secção
Artigos