Segurança comunitária e proteção civil

Palavras-chave: Riscos, segurança, segurança comunitária,, proteção civil

Resumo

A Segurança, compreendida como direito fundamental de cidadania, é hoje uma das temáticas mais destacadas e prioritárias, quer na agenda política dos Estados, quer nos media e na sociedade em geral, em diferentes escalas e dimensões, perante os complexos cenários de ameaças e riscos de “velha e nova tipologia” que adensam a sensação de vulnerabilidade e agudizam o sentimento de insegurança dos cidadãos.

De igual modo, a proteção civil, enquanto um dos pilares da Segurança Nacional, cuja dinâmica é transversal a toda a sociedade, assume, hoje, tal com a Segurança, uma importância crucial no desenvolvimento económico e social do País, exigindo do poder político, políticas públicas sustentadas e participadas que ponham esta problemática na ordem do dia, face às ameaças internas e externas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

Amaro, A. D. (2008). Segurança Humana e Proteção Civil na Sociedade de Risco: a crise do modelo Estatocêntrico na(s) segurança(s). Territorium, Revista da Associação Portuguesa de Riscos, Prevenção e Segurança, n.º 15, Coimbra, p. 83-94. Disponível em: https://impactum-journals.uc.pt/territorium/article/view/3243/2491

Amaro, A. D. (2012). O socorro em Portugal, Lisboa, Instituto de Direito Público.

Beck, U. (2016). Sociedade de Risco Mundial – em busca da segurança perdida, Lisboa, Edições.

Beck, U. (2013). Viver na Sociedade do risco mundial e lidar com ele, in a Humanidade Ameaçada: a gestão dos riscos globais, Daniel Innerarity e Javier Solana (Ongs), Lisboa, Ed. Teodolito.

Caldeira, D. (2019a). Visão do sistema de protecção civil para uma década” CEIP - Inform@, Edição n.º 61.

Caldeira, D. (2019b). Nova legislatura: Que ciclo político para a protecção civil?”, CEIP - Inform@, Edição n.º 64.

Feiteira, A. M. (2012). Uma concepção integrada de Segurança no domínio das políticas públicas: Tópicos de reflexão. Estudos de Direito e Segurança, Vol. II (coord. Bacelar Gouveia), Lisboa, IDS (Instituto de Direito e Segurança).

Gouveia, J. B. (2018a). Direito da Segurança - Cidadania soberania e cosmopolitismo, IDS, Coimbra, Almedina.

Gouveia, J. B. (2018b). A protecção civil é determinante na segurança comunitária, CEIP - Inform@, Edição n.º 49.

Grande, E. (2016). Os riscos globais e a gestão preventiva, in a Humanidade Ameaçada: a gestão dos riscos globais, Daniel Innerarity e Javier Solana (Orgs), Lisboa, Ed. Teodolito.

Lopes, F. (2017). Estratégia Nacional de Segurança Interna (doc. Policopiado), Lisboa, Gresi (Faculdade de Direito – UNL).

Lourenço, N., Lopes, F., Rodrigues, C., Costa, A. e Silvério, P. (2015). Segurança, Horizonte 2025 – Um conceito estratégico de Segurança Interna, Ed. Colibri, Lisboa, GRESI (Grupo de reflexão e estudo sobre segurança interna).

Lourenço, N., Lopes, F., Rodrigues, C., Costa, A. e Silvério, P. (2015). Segurança, Horizonte 2025 – Um conceito estratégico de Segurança Interna, Ed. Colibri, Lisboa, GRESI (Grupo de reflexão e estudo sobre segurança interna).

Lourenço, N. e Costa, A. (2018). Estratégia de Segurança Nacional – Portugal Horizonte 2030, Coimbra, Almedina.

Nascimento, S. (2007). Análise do risco de gestão de incidentes críticos, uma abordagem integrada de inteligência sobre as perspetivas de proteção e segurança. Revista Segurança e Defesa, n.º 4, Loures.

OTI - OBSERVATÓRIO TÉCNICO INDEPENDENTE (2018). Relatório – Avaliação do Sistema Nacional de Proteção Civil no âmbito dos incêndios rurais, Lisboa, Assembleia da República.

Oneto, I. (2018). A Garantia Constitucional de Segurança – O Planeamento Civil de Emergência. Revista de Direito e Segurança, n.º 12, Lisboa, Instituto de Direito e Segurança.

Peixoto, A. e Cláudia, A. (2019). O contributo das Unidades de Proteção Civil na Proteção e Defesa da Floresta contra Incêndios. O caso de Estudo da Unidade local de Proteção Civil de Agrela e Serafão (Fafe) (Dissertação de Mestrado em geografia). Apresentada à Univ. do Minho.

Pereira, J. P. (2006). La Seguridad Humana – Derecho Emergente, Barcelona, Ariel

Pereira, R. (2017). Políticas de Segurança: novos desafios e respostas. Revista de Direito e Segurança, n.º 10, Lisboa, IDS.

Ribeiro, M. J. (2009) A Proteção Civil Municipal, Revista Territorium nº 16, Coimbra, Riscos. Dispoível em: https://impactum-journals.uc.pt/territorium/article/view/3234/2482

Ribeiro, M. J. (2018a). Planeamento de Emergência, CEIP – inform@, Edição n.º 50.

Ribeiro, M. J. (2018b). Segurança e Proteção Civil: reflexão sobre cidadania e participação pública. Revista de Direito e Segurança, n.º 11, Lisboa.

Santos, A. M. (2018). Uma Segurança interna cada vez mais europeia? Uma Segurança externa cada vez mais nacional? Revista de Direito e Segurança, n.º 12, Lisboa IDS.

Legislação

Decreto-lei n.º 14/2019, de 21 de Janeiro.

Decreto de Lei n.º 44/2019, de 1 de abril.

Decreto de Lei n.º 45/2019, de 1 de abril.

Lei n.º 27/2006 de 3 de julho.

Lei n.º 75/2013, de 12 de Setembro.

Lei n.º 80/2015, de 3 de agosto.

Lei n.º 50/2018, de 16 de Agosto.

Resolução do Conselho de Ministros n.º 19/2013, de 5 de abril.

Resolução do Conselho de ministros n.º 157-A/2017, de 27 de outubro.

Resolução do Conselho de Ministros n.º 20/2018, de 1 de março.

Resolução do Conselho de Ministros n.º 176/2018, de 12 de dezembro.

Publicado
2020-01-14

Artigos mais lidos pelo mesmo (s) autor (es)