A mineração se reinventa: Um estudo sobre o ethos discursivo das mineradoras brasileiras

  • Fábia Pereira Lima Universidade Federal de Minas gerais

Resumo

O presente artigo parte de explorações preliminares da pesquisa que investiga, à luz das estratégias de visibilidade e inviabilidade das mineradoras no Estado de Minas Gerais (Brasil), as simetrias e assimetrias que marcam a comunicação do setor. Alinhado às perspectivas da Nova Teoria da Estratégia e da Estratégia como Prática, defende que a estratégia é uma prática de comunicação, uma construção cultural e socialmente conformada - e que atua na reconfiguração de tais contextos. A partir deste entendimento, apresenta como os enunciados construídos pelo Instituto Brasileiro de Mineração tentam conformar um ethos discursivo próprio, transparecendo seu esforço estratégico de enquadrar novos sentidos para o setor, a partir da análise de um de seus vídeos institucionais chamado A mineração se reinventa.

Palavras-chave

Relações públicas, nova teoria da estratégia, estratégia como prática, comunicação estratégica, mineração

  • Resumo visualizado = 13 vezes
  • PDF visualizado = 12 vezes

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2018-11-12
Como Citar
LIMA, Fábia Pereira. A mineração se reinventa: Um estudo sobre o ethos discursivo das mineradoras brasileiras. Media & Jornalismo, [S.l.], v. 18, n. 33, p. 249-261, nov. 2018. ISSN 2183-5462. Disponível em: <http://impactum-journals.uc.pt/mj/article/view/5250>. Acesso em: 19 dez. 2018.