A epigrafia como elemento didático (XXXV): a voz de Deus no lintel daquela porta

  • José d'Encarnação
Palavras-chave: cristãos-novos, Habacuc, tradução

Resumo

Lê-se, interpreta-se e procura mostrar-se o alcance histórico de uma inscrição, gravada no lintel de uma porta, em zona tradicionalmente ocupada nos séculos XVI e seguintes por cristãos-novos. Trata-se de uma passagem do livro do profeta Habacuc, que assume aqui um carácter verdadeiramente apotropaico. Aproveita-se o ensejo para tecer considerações acerca da fidelidade das traduções.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2017-12-29
Como Citar
d’Encarnação, J. (2017). A epigrafia como elemento didático (XXXV): a voz de Deus no lintel daquela porta. Boletim De Estudos Clássicos, (62), 87-94. https://doi.org/10.14195/2183-7260_62_6

Artigos mais lidos pelo mesmo (s) autor (es)

1 2 > >>