A criação de serviços de informação para refugiados: uma necessidade e uma oportunidade para o futuro

  • Filipa Rino Almeida Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra
Palavras-chave: Serviços de informação; Refugiados; Acolhimento; Europa; Bibliotecas públicas

Resumo

A atual crise dos refugiados foi o mote para este trabalho. Nos últimos anos, sobretudo devido ao conflito sírio milhares de refugiados têm chegado à Europa. Aqui, procuram-se agora soluções para conseguir socorrer e integrar estas pessoas. O objetivo deste artigo é alertar para a necessidade de criar planos de integração dos refugiados que incluam as bibliotecas públicas, através da criação de serviços de informação multiculturais. Para a sua elaboração foi fundamental analisar relatórios e web sites de entidades como o ACNUR, o CPR e o SEF, bem como manifestos e normas da IFLA/UNESCO para a implementação de serviços de informação. Conclui-se que a integração das bibliotecas públicas nos planos de acolhimento é uma mais-valia devido ao seu elevado potencial informacional e cultural. Conclui-se também, que urge criar um serviço de informação para refugiados de modo a centralizar a informação e fornecer um serviço adaptado às suas necessidades.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2018-03-21
Secção
Futuros