O fogo de Prometeu: uma visão do mito a partir de conceitos da Filosofia de P. Ricoeur

  • Alexandra Santos CECH - Centro de Estudos Clássicos e Humanísticos Universidade de Coimbra
Palavras-chave: Tragédia grega; Mito; Prometeu agrilhoado; Filosofia, Paul Ricoeur

Resumo

A poesia, sob as formas dramáticas, permitiu aos Gregos que, através dos mitos, refletissem acerca de si e do mundo, re-presentando o sentido délfico γνῶθι σεαυτόν (“conhece-te a ti mesmo”). Séculos passados do apogeu da grande cultura grega, o mito de Prometeu acarreta em si uma mundividência que se traduz nessa mesma aprendizagem; através dele, o ser humano poderá reconhecer-se e compreender os núcleos dramáticos da sua praxis, sob a forma de exemplo, tendo, assim, consciência da sua humanidade e limitações.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2018-03-28
Edição
Secção
Varia