Música contrafeita. A partitura como autenticidade falsa

Palavras-chave: Western Art Music, Texto musical, Interpretação, Performance, Autenticidade

Resumo

Este artigo discute a hipótese da falsificação da Western Art Music (WAM) partindo da interrogação acerca da autenticidade da partitura. Na contemporaneidade, em que a prática performativa da WAM, sobretudo a “nova música” composta desde a primeira metade do século XX, não entusiasma audiências, é imprescindível uma reflexão crítica que seja promotora de mudança e que procure contestar os gestos calcificados do trabalho do músico intérprete. Questionar a autenticidade da escrita musical é, assim, o mote para pensar e fazer a crítica a uma contrafação da art music que não se fecha na partitura e que vai para o palco, pela mão do intérprete, falsificando o acontecimento da obra musical para o público que a ouve.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2019-10-17
Secção
Falsificações