Personal traits behind the intention to Donate Blood

Palavras-chave: doação de sangue; comportamento pró-social; motivações

Resumo

A compreensão do impacto dos traços pessoais no comportamento pró-social torna-se vital para o desenvolvimento de mensagens publicitárias eficazes junto do público-alvo. Este estudo exploratório foi por isso desenvolvido com o fim de contribuir para uma melhor compreensão sobre as motivações dos dadores de sangue actuais e potenciais, analisando e comparando o efeito de algumas das características pessoais mais proeminentes na previsão ou explicação do comportamento pró-social (doar sangue).
125 participantes da geração Y responderam a um inquérito on-line que, além de questionar sobre a sua intenção de doar sangue também estabelecia uma relação com os seus traços de personalidade considerando: teoria da atribuição, auto-imagem, responsabilidade social, altruísmo, influência social e empatia. Também foi tida em consideração o possível efeito do enquadramento da mensagem.
De acordo com os nossos resultados, os dadores de sangue são influenciados positivamente pela auto-imagem e pela atribuição interna. Por outro lado, os não dadores de sangue são positivamente influenciados apenas pela auto-imagem.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2019-06-27