Emotional Labor em profissionais do ensino e da saúde: Análise de duas estruturas dimensionais

  • Carla Carvalho Universidade de Coimbra
  • Marta Serra Universidade de Coimbra
  • Dalila Lemos da Silva Universidade de Coimbra
  • Cláudia Figueiredo Universidade de Coimbra

Resumo

Dando continuidade às investigações levadas a cabo pela presente equipa no domínio da gestão das emoções em contexto organizacional (Emotional Labor2) e suas consequências ao nível do bem-estar no trabalho3, o presente estudo tem por objectivo contribuir para a reflexão em torno da validação de dois instrumentos de emotional labor (ELS e EWRS), em dois contextos laborais distintos: a saúde e a educação. Admitindo e reconhecendo diferenças entre as responsabilidades dos Professores e dos Profissionais de Saúde, a possibilidade de existirem percepções diferenciadas do conteúdo dos itens dos dois instrumentos de EL mencionados pode potenciar a emergência de diferentes estruturas factoriais como as que encontrámos. Mais especificamente, as referidas diferenças podem ser decorrentes das particularidades e características das organizações a que pertencem os sujeitos inquiridos, da natureza e especificidade do trabalho de cada profissão analisada, das características dos inquiridos e da dimensão das amostras estudadas (professores n=199; profissionais da saúde n=173). Além das boas características psicométricas das estruturas factoriais avaliadas, os resultados encontrados sugerem ainda que a investigação em termos da invariância da medida e da relação estrutural entre as dimensões do EL noutras populações profissionais é um terreno interessante para futuras investigações e para uma maior inteligibilidade do comportamento do homem no trabalho, uma vez que o contexto laboral depende das pessoas e, consequentemente, dos seus comportamentos e das suas emoções.
  • Resumo visualizado = 33 vezes
  • PDF visualizado = 44 vezes

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2011-07-01
Como Citar
CARVALHO, Carla et al. Emotional Labor em profissionais do ensino e da saúde: Análise de duas estruturas dimensionais. Psychologica, [S.l.], n. 55, p. p. 95-113, jul. 2011. ISSN 1647-8606. Disponível em: <https://impactum-journals.uc.pt/psychologica/article/view/1123>. Acesso em: 23 jul. 2019.
Secção
Artigos

Palavras-chave

Emotional Labor; análise de dimensionalidade; profissionais do ensino e da saúde