Acordo Interavaliadores em Relação ao Comportamento Adaptativo de Crianças com Necessidades Educativas Especiais

  • Sandra Marisa Boiça Agrupamento de Escolas Rainha Santa Isabel
  • Cristina Petrucci Albuquerque Universidade de Coimbra
Palavras-chave: Acordo interavaliadores, Comportamento adaptativo, Dificuldade intelectual

Resumo

Este estudo analisa o acordo interavaliadores na Escala de Comportamento Adaptativo de Vineland – versão Escolar, isto é, determina qual o grau de concordância entre as avaliações de pais e professores de Apoio Educativo em relação ao comportamento adaptativo de 40 crianças com Necessidades Educativas Especiais, a frequentarem o 1º ciclo do Ensino Básico. O estudo analisa, ainda, a influência do número de factores de stresse familiar, do grau de envolvimento parental na escolaridade e dos anos de experiência dos professores em funções de Apoio Educativo. As correlações entre as duas fontes de informação são baixas ou moderadas, tendo sido no domínio da Socialização que se registou a correlação mais baixa e o menor grau de acordo. Os dados obtidos salientam a importância de considerar e valorizar os contributos de ambas as fontes de informação ao nível da avaliação do comportamento adaptativo.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2010-12-01
Como Citar
Boiça, S. M., & Albuquerque, C. P. (2010). Acordo Interavaliadores em Relação ao Comportamento Adaptativo de Crianças com Necessidades Educativas Especiais. Revista Portuguesa De Pedagogia, (44-2), p. 131-155. https://doi.org/10.14195/1647-8614_44-2%x
Secção
Artigos

Artigos mais lidos pelo mesmo (s) autor (es)