Humanamente

  • António Nóvoa Universidade de Lisboa
Palavras-chave: Ciências; Educação liberal; Humanidades; Paideia; Universidades

Resumo

Este ensaio organiza-se em três partes. A primeira, “No princípio era a paideia”, refere-se aos fundamentos de uma educação humana, à génese do termo humanidades e ao conceito de educação liberal. A segunda, “No meio está a universidade”, explica as dificuldades das humanidades, “fora” e ”dentro”, e defende a importância de irem ao encontro das grandes questões contemporâneas e de assumirem um compromisso público. A terceira, “No fim será a cultura ao cubo?”, argumenta a favor de uma convergência das “duas culturas”, humanidades e ciências, em torno de uma terceira realidade, tripla, ao cubo. O ensaio termina com a necessidade de uma renovação profundíssima das universidades, a partir de uma nova responsabilidade social, o que não poderá ser feito sem a presença forte das humanidades.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2018-03-27
Edição
Secção
O valor das humanidades