“Nemine discrepante”: Agostinho Barbosa (1590-1649), estudante da universidade de coimbra, erudito lexicógrafo, canonista difamado?

Palavras-chave: Agostinho Barbosa, Universidade de Coimbra, Lexicógrafo, Jurista, Produção editorial, Difamações

Resumo

A partir de documentos inéditos, conservados no Arquivo da Universidade de Coimbra e no Archivio Segreto Vaticano, o estudo visa (re)considerar Agostinho Barbosa (1590-1649), douto canonista formado na Universidade de Coimbra (1608-1618), e uma parte da sua extensa produção editorial em latim. Estes eruditos textos lexicográficos e jurídicos motivaram, muitas vezes, afirmações difamantes, transmitidas também por quantos trataram, recentemente, da complexa personagem. Barbosa foi um canonista com um cursus itinerante entre a Península Ibérica e a Italiana, durante décadas de profundo colapso social para Portugal, nos anos de integração na coroa espanhola.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2019-10-17
Secção
Falsificações