O mesolítico em Portugal: uma nova visibilidade para os concheiros do rio Sado

  • Rafael Lima Universidade de Lisboa
Palavras-chave: Mesolítico, Concheiros, Sistemas de Informação Geográfica (SIG), Padrões de Assentamento, Visibilidade, Sado

Resumo

Com base na investigação realizada para o projecto de Seminário de Licenciatura em Arqueologia da Universidade de Lisboa, vêm-se aqui apresentar e aprofundar parte dos resultados obtidos para a melhor compreensão da realidade mesolítica da bacia do Sado. Assim, com recurso aos SIG, realizou-se um estudo incidente nos concheiros mesolíticos do rio Sado, nos quais se estudou a relação das implantações dos sítios com o meio geográfico, procurando observar características comuns de forma a encontrar a possível existência de um padrão de assentamento. Optou-se por destacar neste trabalho a ligação com o espaço hidrográfico, raiz comum das implantações dos concheiros do Sado, assim como os aspectos relativos à visibilidade entre os próprios sítios, observando-se a fraca intervisibilidade entre os vários grupos ao invés do inicialmente ponderado.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2019-12-31
Secção
Artigos