A DECORAÇÃO “AO ROMANO” E A PRESENÇA DE JOÃO DE RUÃO NA TUMULÁRIA DE GÓIS E TROFA DO VOUGA.

  • Gabriel Pereira CEAACP
Palavras-chave: João de Ruão, Góis, Trofa do Vouga, Escultura do Renascimento, Tumulária

Resumo

Os monumentos fúnebres de D. Luís da Silveira e de D. Duarte de Lemos, respetivamente em Góis e na Trofa do Vouga, revelam-se obras indissociáveis devido à forma como os encomendantes surgem representados. A generalidade dos autores reconheceu as proximidades entre as duas obras, porém tenderam a ignorar a componente decorativa e é esta, na ausência de nova documentação, que constitui o principal meio de identificação e descodificação de autorias.

Aqui, pretendem-se trazer à luz a natureza do ornamento e a decoração presente na tumulária e mostrar como ela obedece à mesma cultura plástica irradiada pelo Renascimento coimbrão, ainda que com trabalho de qualidade díspar – fruto da forma distinta como João de Ruão se envolveu nos dois projetos.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2020-03-26
Secção
Artigos