A GENEALOGIA EUCLIDIANA DAS COMPOSIÇÕES ESCULTÓRICAS DE JOÃO DE RUÃO.

  • Francisco Henriques Faculdade de Belas Artes Universidade de Lisboa
Palavras-chave: João de Ruão, Escultura, Geometria, Narrativa, Significação

Resumo

Ativo participante do seu zeitgeist, erudito, culto e esclarecido, dotado de singular sensibilidade artística e mestria escultórica, João de Ruão evidencia na sua obra conhecimentos notáveis na aplicação da ciência geométrica euclidiana.
O presente texto analisa e clarifica os fundamentos geométricos apriorísticos da génese compositiva da obra de João de Ruão, e a sagaz articulação destes mecanismos de significação – por adequação dos diferentes elementos estruturais e figurativos das suas organizações compositivas – para composição de notáveis discursos imbuídos de vívida significação espiritual.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2020-03-26
Secção
Artigos