JOÃO DE RUÃO E A CASA DA ESCULTURA DA RENASCENÇA EM PORTUGAL MUSEALIZAÇÃO DE UMA OBRA SINGULAR

  • Pedro Ferrão MNMC
Palavras-chave: João de Ruão, Renascimento, Escultura, Museu Nacional de Machado de Castro

Resumo

Entre obras documentadas e outras atribuídas a João de Ruão, o Museu Nacional de Machado de Castro tem, à sua guarda, um número muito significativo da sua extensa produção artística. Com diferentes proveniências, quase todas de Coimbra e da sua região, as peças apresentam várias tipologias, desde a singular e colossal edificação arquitetónica da denominada “Capela do Tesoureiro”, passando por diversas esculturas de vulto, avulsas, e conjuntos escultóricos em relevo, inseridos em pequenos e grandes formatos retabulares. Ao longo de mais de cem anos, e de acordo com diferentes conceções museográficas, o Museu transformou-se, a partir da obra de João de Ruão, na verdadeira “casa” da escultura renascentista em Portugal.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2020-03-26
Secção
Artigos