JOÃO DE CASTILHO, LUCAS FERNANDES E O PORTAL DA IGREJA DA MISERICÓRDIA DO SARDOAL

  • Ricardo Silva ESART
Palavras-chave: João de Castilho, Lucas Fernandes, Sardoal, Arquitetura, Renascimento, Misericórdia

Resumo

Por intermédio da investigação documental quinhentista existente no Arquivo Histórico da Santa Casa da Misericórdia de Sardoal, tornou-se possível clarificar um conjunto de incertezas historiográficas em torno do processo construtivo da igreja da Misericórdia, sobretudo, quanto à sua cronologia e os mestres envolvidos na respetiva empreitada. Desse modo, o elenco documental remanescente revela-nos que a reconstrução da igreja da Misericórdia sardoalense partiu de uma traça elaborada por João de Castilho e a execução da empreitada ficou a cargo de Lucas Fernandes, do pedreiro natural de Coimbra, que arrematou a obra pelo valor de 120.000 reais.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2020-03-26
Secção
Artigos