O mar e a viagem

sua expressão na literatura portuguesa

Palavras-chave: Viagem por mar, Literatura Portuguesa, vocação marítima

Resumo

O presente estudo estrutura-se tendo em conta duas linhas temáticas: a onipresença do mar e o tema da viagem marítima na cultura portuguesa – o “mito de Henrique” (o navegador), na opinião de António Quadros.
Para dar a conhecer o problema, segue-se um paradigma interpretativo e crítico e uma metodologia de investigação qualitativa, analisando-se a perspetiva dos estudiosos atuais da cultura portuguesa, que ligam o tema da viagem por mar à questão da identidade coletiva.
Por meio de uma abordagem diacrónica do tema do mar e da viagem na literatura portuguesa – contributo inovador do estudo para o estado da arte da questão –, chega-se à conclusão da inegável vocação marítima deste país de finisterra, marcado do ponto de vista psicossocial pela Viagem dos Descobrimentos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia Autor

Maria Luísa de Castro Soares, Centro de Estudos Clássicos e Humanísticos, Universidade de Coimbra

Maria Luísa de Castro Soares é Doutora em Literatura Portuguesa pela Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro, onde leciona nas áreas de Literatura e de Cultura Portuguesas. É formadora nas áreas de Literatura Portuguesa e Teoria da Literatura e tem publicações várias em artigos, em capítulos e em livros, entre outras, Profetismo e Espiritualidade de Camões a Pascoaes. Coimbra, FCT - Imprensa da Universidade de Coimbra, 2007; Nas encruzilhadas do século XX: António Sardinha e Teixeira de Pascoaes, Vila Real, UTAD, 2007; Do Classicismo ao Maneirismo e ao Barroco e a sua projecção na Actualidade. Vol 1 (UTAD), 2006; vol. 2 (e-book), 2010; Considerações gerais sobre a Literatura Tradicional de Transmissão Oral: uma proposta de análise à versão portuguesa de «A Gata Borralheira», 2ª edição, Vila Real, UTAD, 2013; Do Renascimento à sua questionação. Sá de Miranda. Vol. 1, Vila Real, UTAD, 2007. Do Renascimento à sua questionação: Camões lírico e Frei Agostinho da Cruz. Vol. 2, Vila Real, UTAD, 2013;

 É membro do Círculo Mais Democracia, membro da Sociedade Portuguesa de Retórica; membro integrado na UI&D-CECH (Centro de Estudos Clássicos e Humanísticos da Universidade de Coimbra); membro do Conselho de Redação da Nova Águia. Revista de Cultura para o Século XXI e membro honorário do MIL (Movimento Internacional Lusófono), pertencente à PASC: Plataforma Ativa da Sociedade Civil.

Publicado
2019-11-05
Secção
Artigos