Nota de abertura

  • Ana Paula Arnaut Universidade de Coimbra
  • Ana Teresa Peixinho Universidade de Coimbra

Resumo

Encontrar as palavras justas para abrir um volume de homenagem a Carlos Reis, por ocasião da sua jubilação, após mais de 40 anos de intensa e marcante vida académica, não é tarefa fácil, tantos e tão variados são os seus contributos para os estudos sobre Literatura Portuguesa, em particular, e para os Estudos Literários, em geral. Tentaremos, no entanto, descobrir o “acorde perfeito” de que fala Eugénio de Andrade, não usando as palavras apenas para enumerar os artigos e livros publicados ou os encontros científi cos em que Carlos Reis participou ou organizou. Também não nos serviremos delas para, simplesmente, inventariar as disciplinas que lecionou, os cargos que ocupou ou as distinções que recebeu. Se, como reconhece José Saramago em Manual de Pintura e Caligrafi a, quem escreve também a si se escreverá, as palavras servir-nos-ão, em primeira instância, para, partindo da obra produzida, falar de um intelectual de exceção, exigente e íntegro, responsável por estudos de mérito reconhecido tanto a nível nacional quanto internacional; um intelectual responsável pela formação de várias gerações de académicos e de professores portugueses e estrangeiros que fazem da Universidade de Coimbra a sua alma mater.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2020-09-28