O que tinha de ser: vivências coloniais em A. Lobo Antunes e V. S. Naipaul

  • Maria Helena Santana Universidade de Coimbra
Palavras-chave: descolonização, V.S. Naipaul, António Lobo Antunes

Resumo

A queda dos últimos impérios coloniais no século XX, nomeadamente as colónias portuguesas em África, é frequentemente descrita como um processo normal de mudança – a razão histórica ‘como tinha de ser’. As narrativas ficcionais, por seu lado, mostram-nos o lado de dentro da História, visto através do olhar de personagens individualizadas. Os romances de V.S. Naipaul e A. Lobo Antunes oferecem-nos testemunhos impressivos de luso-africanos tentando dar sentido às suas experiências falhadas ou debatendo-se com memórias traumáticas. Este texto analisa a forma como os dois autores produzem imagens subjetivas do processo de (des)colonização, partilhando alguns pontos de vista sobre um mundo em mudança.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2020-09-28