PESSOAS DE LIVRO: FIGURAÇÃO E SOBREVIDA DA PERSONAGEM

  • Carlos Reis CLP, Universidade de Coimbra

Resumo

Neste texto pondera-se, entre outras questões, a que trata de saber o que nos fica das personagens quando encerramos a leitura da narrativa. Relaciona-se esta questão com o conceito de figuração, síntese possível de quase tudo que determina o fazer personagem que, expressa ou discretamente, as ficções exibem. O aprofundamento da análise exige a sua contextualização no âmbito dos estudos narrativos, que reincorporaram no seu âmbito uma categoria narrativa (a personagem) que durante algumas décadas foi subalternizada. Da figuração passa-se à noção de sobrevida, considerada deriva ontológica da personagem. Migrando dos mundos possíveis ficcionais para o mundo real, ela ganha, em relação à figuração original, uma existência própria, que a fenomenologia da leitura contempla, no quadro da vida da obra literária.

Palavras-chave

personagem, figuração, sobrevida, estudos narrativos

  • Resumo visualizado = 72 vezes
  • PDF visualizado = 120 vezes

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2016-01-20
Como Citar
REIS, Carlos. PESSOAS DE LIVRO: FIGURAÇÃO E SOBREVIDA DA PERSONAGEM. Revista de Estudos Literários, [S.l.], v. 4, p. 43-68, jan. 2016. ISSN 2183-847X. Disponível em: <https://impactum-journals.uc.pt/rel/article/view/2679>. Acesso em: 20 abr. 2019.
Secção
Secção Temática

Palavras-chave

personagem; figuração; sobrevida; estudos narrativos