A AMIZADE COMO LAÇO CULTURAL E TRANSNACIONAL EM TERRA SONÂMBULA DE MIA COUTO

  • Glória Alhinho Université Bordeaux Montaigne
Palavras-chave: Mia Couto, amizade, movimento na narrativa, diálogo transnacional, vigilância afetiva

Resumo

Terra Sonâmbula, do escritor moçambicano Mia Couto, ilustra e prefigura, de uma forma exemplar, as dinâmicas históricas e sociais que se articularam no espaço literário hípercontemporâneo em língua portuguesa. Os laços familiares, comunitários e transnacionais têm um papel importante nesta narrativa pois mostram as tensões e violências provocadas pelas mutações do espaço africano. A amizade surge como uma forma de re-territorializar esse espaço fazendo dialogar múltiplas perspetivas de caminhos e histórias de vida que entrelaçam o destino das personagens. Por essa razão, o movimento desse espaço e o da própria narrativa esclarecem a vigilância do escritor Mia Couto e a sua proposta para um território onde a pluralidade linguística, cultural e étnica vêm celebrar o espaço africano.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2019-01-09