'Eye-Mind-Design-Production': An Interview with Johanna Drucker

  • Manuel Portela CLP, Universidade de Coimbra
  • Catarina Figueiredo Cardoso CLP, Universidade de Coimbra (Programa de Doutoramento em Materialidades da Literatura)
  • John D. Mock CLP, Universidade de Coimbra (Programa de Doutoramento em Materialidades da Literatura)
  • Ana Paula Dantas CLP, Universidade de Coimbra (Programa de Doutoramento em Materialidades da Literatura)
Palavras-chave: Materialidades da Literatura, Livro de Artista, Tipografia, Humanidades Digitais, Johanna Drucker

Resumo

Nesta entrevista, Johanna Drucker descreve a sua obra como artista do livro e teórica dos média, e fala sobre os métodos e práticas das Humanidades Digitais.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografias Autor

Manuel Portela, CLP, Universidade de Coimbra

Manuel Portela é professor do Departamento de Línguas, Literaturas e Culturas da Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra e é o atual Coordenador do Programa de Doutoramento em Materialidades da Literatura. É membro do Centro de Literatura Portuguesa da Universidade de Coimbra. Foi Director do Teatro Académico de Gil Vicente,  entre 2005 e 2008. É autor, entre outras, das primeiras traduções portuguesas de Cantigas da Inocência e da Experiência (1994; edição revista, 2007) e Milton (2009), de William Blake,  e A Vida e Opiniões de Tristram Shandy, de Laurence Sterne (2 vols, 1997-98), pela qual recebeu o Grande Prémio de Tradução. Publicou em 2003 O Comércio da Literatura: Mercado e Representação, um extenso estudo sobre o mercado literário inglês no século XVIII. Nos últimos anos tem investigado a digitalização da literatura e da cultura, tendo leccionado diversas disciplinas e seminários no domínio das humanidades digitais.

Manuel Portela teaches in the Department of Languages, Literatures, and Cultures at the Faculty of Arts, University of Coimbra, and he is the current Coordinator of the PhD Program Advanced Studies in the Materialities of Literature. He is a member of the Centre for Portuguese Literature at the University of Coimbra, and was Director of the University Theatre between 2005 and 2008. His many translations include the first Portuguese translations of Songs of Innocence and of Experience (1994; revised, 2007) and Milton (2009), by William Blake,  and The Life and Opinions of Tristram Shandy, Gentleman (2 vols, 1997-98), by Laurence Sterne, for which he received the National Award for Translation. In 2003, he published O Comércio da Literatura: Mercado e Representação [The Commerce of Literature: Marketplace and Representation], an extensive study of the English literary market in the 18th century.  His latest research has been concerned with the digital literature and digital culture. He has taught several courses and seminars on digital media.

Catarina Figueiredo Cardoso, CLP, Universidade de Coimbra (Programa de Doutoramento em Materialidades da Literatura)

Catarina Figueiredo Cardoso é licenciada em Direito e tem um mestrado em Ciência Política. É coleccionadora de livros ilustrados, com bonecos, riscos, fotos, impressões digitais; muitos são eles mesmos bonecos. Acompanha a cena portuguesa dos livros de artista, fanzines, livros auto-editados e pequenas editoras, formas artísticas que evoluem e se transformam com as tecnologias directa e indirectamente ligadas ao livro. Coleccionar livros e conhecer os artistas que os criam conduziram-na a uma reflexão sobre esta forma de arte recente e sua recepção crítica em Portugal. Reune documentação e bibliografia que lhe permitam analisar a sua evolução em Portugal e a sua integração nos movimentos internacionais em torno da palavra e do livro, que se desenvolveram a partir dos anos 1960. Com Isabel Baraona, organizou o número 32 do Journal of Artists’ Books (Outono de 2012), dedicado ao livro de artista em Portugal. Com Isabel Baraona, é editora de Tipo.pt, uma base de de dados sobre livros de artista e edições gráficas de autor. Vive e trabalha em Lisboa.

John D. Mock, CLP, Universidade de Coimbra (Programa de Doutoramento em Materialidades da Literatura)

John D. Mock é licenciado em Inglês pela Universidade de Indiana (Bloomington, 1988), com uma Honors Thesis intitulada “Shared Tendencies and Intentions: Examining Hardy and Hawthorne Together”. Passou um ano (1986-1987) na Universidade de Kent em Canterbury, na Inglaterra, onde estudou teatro e Thomas Hardy. Obteve o grau de Mestre em Inglês, pela Universidade de Maryland (College Park, 1991), com uma tese intitulada “Hemingway’s Orpheus: Influence and Affluence in In Our Time”. Entre 1988 e 1991, ensinou na Universidade de Maryland em College Park. Em Portugal, leccionou na Universidade Católica de Portugal (Leiria) durante cinco anos. Lecciona na Universidade de Coimbra desde 1998. John D. Mock interessa-se particularmente pelos Clássicos, pela Literatura Fantástica e de Ficção Científica, e pela literatura norte-americana produzida entre 1920 e 1960. Interessa-se também por Cultura Popular. O seu projeto de tese intitula-se «The Electronic Body in Time and Space, or, Cyberpunk Is Dead: Long Live Cyberpunk».

Ana Paula Dantas, CLP, Universidade de Coimbra (Programa de Doutoramento em Materialidades da Literatura)

Ana Paula Dantas licenciou-se em Línguas Modernas, variante Estudos Ingleses e Americanos, tem um Curso de Especialização e um Mestrado em Poesia e Poética, pela Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra, com a defesa da tese “Encontros de poetas: Voz, silêncio e glifo na obra de próspero saíz” (2011). Os seus interesses actuais centram-se no estudo do fenómeno literário enquanto relação com as artes performativas, os estudos culturais e interartes.

jd_photo
Publicado
2013-06-30

Artigos mais lidos pelo mesmo (s) autor (es)

1 2 > >>