Hibridismo e transmedialidade na comunicação política dos partidos portugueses no Instagram e no jornalismo político televisivo

Autores

DOI:

https://doi.org/10.14195/2183-5462_38_6

Palavras-chave:

Instagram, Noticiários Televisivos, Comunicação Política, Jornalismo Político, Sistemas Mediáticos Híbridos

Resumo

Este artigo trabalha o hibridismo entre a comunicação política partidária digital e o jornalismo audiovisual. A proposta é relacionar a atividade comunicativa na rede social Instagram de 6 partidos portugueses com representação parlamentar (PS, PSD, BE, PCP, CDS e Chega), e dos respetivos líderes, com a cobertura jornalística da sua atividade realizada pelos 3 principais noticiários televisivos, respetivamente o Jornal da Noite (SIC), o Telejornal (RTP1), o Jornal das 8 (TVI) e o CM Jornal (CMTV). Analisamos a comunicação política e partidária na rede social e os enquadramentos noticiosos no jornalismo televisivo, identificando padrões na relação entre as duas plataformas. Exploramos a contaminação entre os discursos textuais e visuais dos vários partidos e os noticiários televisivos, relevando as principais estratégias retóricas ativadas no Instagram e as narrativas televisivas. O artigo pretende contribuir para uma melhor compreensão das lógicas comunicativas dos partidos em ambiente digital e explicitar as transformações na cobertura da política pelos noticiários televisivos, integrados em sistemas mediáticos híbridos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

##submission.downloads##

Publicado

2021-04-20

Como Citar

Baptista, C. M., Ferreira, A. H., & Ferreira, A. C. T. (2021). Hibridismo e transmedialidade na comunicação política dos partidos portugueses no Instagram e no jornalismo político televisivo. Media & Jornalismo, 21(38), 123-142. https://doi.org/10.14195/2183-5462_38_6