Emílio: Texto e Contexto

  • Wilson Alves de Paiva Pontifícia Universidade Católica de Goiás
Palavras-chave: Rousseau, Emílio, Filosofia da Educação, Pedagogia

Resumo

O presente artigo tem o objetivo de discutir a formação do homem no texto e no contexto da obra Emílio ou da Educação, de Jean-Jacques Rousseau. A singularidade do discurso e o que se postula nessa obra ampliam consideravelmente nossa compreensão a respeito das idéias que direcionaram a formação do homem moderno até os dias de hoje. O que faz de Rousseau um marco divisório na história da educação ocidental. Seu tratado educacional produz uma nova visão de homem e, portanto, um rico material teórico para pensarmos a sociedade do século XXI. O Emílio aparece como uma tentativa audaciosa e apaixonada de restaurar o homem natural para viver virtuosamente a realidade social. Em todos os sentidos, o jovem Emílio está sendo preparado para viver plenamente sua vida pessoal, como homem, ou uma vida pública, como um dedicado cidadão de alguma comunidade qualquer.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2011-12-01
Como Citar
Paiva, W. A. de. (2011). Emílio: Texto e Contexto. Revista Portuguesa De Pedagogia, (45-2), p. 5-26. Obtido de https://impactum-journals.uc.pt/rppedagogia/article/view/1339
Secção
Artigos