Entre Lisboa e Ingatestone: Revue Ou e Esboços para uma Arqueologia da Poesia Sonora em Portugal

Palavras-chave: Revue OU, E.M de Melo e Castro, Joaquim António da Silva, poesia sonora

Resumo

A Revue OU-Cinquème Saison é justamente considerada como uma das mais representativas publicações no âmbito das poéticas experimentais. Publicada entre 1958 e 1974, ao longo de mais de 40 números, ela foi palco de um conjunto extenso de relações entre autores das mais variadas origens e correntes poéticas. A correspondência enviada por E. M. de Melo e Castro e J. A da Silva a Henri Chopin, bem como a circulação material realizada entre eles, serão assim motivo para um artigo que procura explorar, a partir desta rede, a arqueologia da poesia sonora portuguesa e da poesia sonora em Portugal.

DOI: https://doi.org/10.14195/2182-8830_7-1_2

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

AGUIAR, Fernando (2007). «Performance, Poesía Sonora y Tecnología», in Per-formancelógia: Todo sobre Arte de Performance y Performancistas (blog). Fevereiro de 2007. http://performancelogia.blogspot.pt/2007/02/performance-poesa-sonora-y-tecnologa.html. Acedido a 20 de Setembro de 2019.

CHOPIN, Henri (1979). Poésie sonore internationale. Paris: Jean-Michel Place Éditeur.

CHOPIN, Henri (1982). «Henri Chopin: Interview». Stereo Headphones: an occasional magazine of the new poetries.

CRUZ, Gastão (2007). «Jorge de Sena na poesia do seu tempo ou ‘a arte de ser moder-no em Portugal’», in Relâmpago. Revista de Poesia, n. 21 (Outubro): 33–54.

DIAS, Sandra Guerreiro (2015). O Corpo como Texto: Poesia, Performance e Experimentalismo nos Anos 80 em Portugal. Tese de Doutoramento, Coimbra: Universidade de Coimbra.

FONTANA, Giovanni (sem data). «L’avventura sonora di “baobab”. Poesia della voce in emilia romagna. http://www.archiviomauriziospatola.com/prod/pdf_videopoesia/V00154.pdf. Acedido a 1 de Agosto de 2018.

MELO E CASTRO, E. M. de (1976). Dialéctica das vanguardas. Movimento 14. Livros Horizonte.

MELO E CASTRO, E. M. de (1980). As vanguardas na poesia portuguesa do séc. XX. Biblioteca Breve. Insti-tuto da Cultura e da Língua Portuguesa.

MELO E CASTRO, E. M. de (1993). «Notícias de uma Poesia Experimental Portuguesa em 1968», in O fim visual do século XX: e outros textos críticos, 55–61. São Paulo: Ed. da Univ. de São Paulo.

MENEZES, Philadelpho (1992). «Introdução: da Poesia Fonética à Poesia Sonora», in Poesia sonora: poéticas experimentais da voz no século XX, editado por Philadelpho Menezes, 9–18. São Paulo: EDUC.

MILLER, David, e Richard Price, eds. (2006). British Poetry Magazines, 1914-2000: A Histo-ry and Bibliography of «Little Magazines». London : New Castle, DE: British Library ; Oak Knoll Press.

O’LEARY, Marie-France, e Henri Chopin (1968). «Poésie ouverte? Art nouveau? : Rencontre avec Henri Chopi», in Vie des arts, 1969 de 1968.

PIRES, Daniel (1986). Dicionário das Revistas Literárias Portuguesas do Século XX. Contexto.

RODRIGUES, Américo (2003). escatologia. CD.

RODRIGUES, Américo (2011). «Leituras da Poesia Experimental Portuguesa», in Arquivo Digital da PO.EX. 2011. https://po-ex.net/taxonomia/materialidades/performativas/americo-rodrigues-leituras-da-poesia-experimental-portuguesa/#more-211. Acedido a 20 de Setembro de 2019.

TAVARES, Salette, e José Brandão, orgs. (1995). Poesia Gráfica: Salette Tavares. Casa Fernando Pessoa.

THEVAL, Gaëlle (2014). «Une revue pour sortir du livre: OU-Cinquième saison». La Revue des revues, n. 52: 12–23.

UPTON, Lawrence (2006). «Reissue of Kroklok #2, Saturday 16th December 2006». http://lawrenceupton.org/kroklok2.html. Acedido a 20 de Setembro de 2019.

WEISGERBER, Jean, ed. (1986). Les avant-gardes littéraires au XXe siècle. Vol. 2: Théorie. Reimpression. Histoire comparée des littératures de langues européennes 5. Bu-dapest: Akad. Kiadó.

YOUNG, Rob, ed. (2002). Undercurrents: The Hidden Wiring of Modern Music. London: Continuum.

Publicado
2019-11-17
Como Citar
Neves, Nuno. 2019. Entre Lisboa E Ingatestone: Revue Ou E Esboços Para Uma Arqueologia Da Poesia Sonora Em Portugal. MATLIT: Materialidades Da Literatura 7 (1), 33-44. https://doi.org/10.14195/2182-8830_7-1_2.
Secção
Secção Temática | Thematic Section