Notícias

Convite à apresentação de artigos nº 40, 2022 – Dossiê Temático: Imprensa, Independência e Constituição – Prazo de entrega 30 de junho de 2021

2020-12-03

Tema: Imprensa, Independência e Constituição

Prazo para a submissão de artigos: 30 de junho de 2021

Este volume da Revista de História das Ideias pretende reunir artigos que contemplem o processo de Independência do Brasil, ocorrido no momento fundacional do triénio liberal (1820-1823), e que privilegiem o estudo da imprensa periódica brasileira e portuguesa desse período.

A imprensa teve um papel crucial na revolução constitucionalista de 1820. De Londres, os jornais publicados em português estimularam os ânimos dos liberais em Portugal e no Brasil. Com a publicação da primeira lei de liberdade de imprensa, em 1821, a divulgação de notícias contribuiu para intensificar o debate político em torno da Constituição de 1822. As diferenças latentes entre liberais portugueses e brasileiros emergiram tanto no parlamento quanto na imprensa periódica publicada na Europa e na América Portuguesa. 

A rutura ocorreu no meio de um aceso confronto entre liberais e absolutistas e deu lugar a um embate que envolveu não só a visão que se tinha do que era o Reino Unido de Portugal, Brasil e Algarves e qual deveria ser o seu destino na nova ordem, mas também de questões objetivas e particulares de natureza económica, burocrática e política relacionadas com a capitalidade do império português durante o período em que o Rio de Janeiro abrigou D. João VI e sua corte.

O papel da imprensa no processo de separação do Brasil de Portugal tem propiciado o aparecimento de muitos estudos que explicam a conjuntura ideológica da independência, expõem as expectativas que foram criadas a partir de 1820 e permitem traçar, com maior clareza e extensão de argumentos, as reivindicações de unionistas e independentistas. As ideias em torno da Constituição e do constitucionalismo disseminaram-se e os jornais funcionaram como uma espécie de  “parlamento de papel”, no decurso do triénio liberal e antes mesmo da convocação da assembleia constituinte no Brasil.

As divergências que marcaram o debate de escritores e redatores de jornais, que, em grande número, preencheram a cena política brasileira daquele momento, raramente puseram em causa a legítima representação política do príncipe. Com a decisão formal de D. Pedro, de desobedecer às ordens das Cortes Constituintes para que retornasse a Portugal e de convocar eleições para a constituinte brasileira, o debate passou a ser travado entre brasileiros e teve como questão central o modelo de monarquia constitucional a adotar no futuro.

As propostas de artigos para este volume temático da revista devem privilegiar o estudo dos jornais publicados entre 1820 e 1823, identificando a visão dos redatores dos periódicos que circularam no Brasil e em Portugal. Os temas sugeridos são: a eleição e presença dos deputados brasileiros nas Cortes em Portugal e, logo depois, o seu afastamento; as matérias jornalísticas publicadas sobre os trabalhos das Cortes respeitantes ao Brasil, como o livre comércio, a escravidão e a Constituinte; o tratamento dado às questões regionais específicas,  especialmente, relativas ao Maranhão, à Baía, ao Pará, a Minas Gerais, a Pernambuco e a Montevideo; a campanha em torno da atuação do príncipe regente depois imperador D. Pedro na imprensa portuguesa; a presença deste e de outras figuras marcantes na imprensa brasileira.  

Em suma: pretende-se compreender como, num curto e conturbado espaço de tempo, a imprensa e os periódicos construíram diversas imagens do povo, das elites e das nações portuguesa e brasileira e como ocultaram, enalteceram e mitificaram a atuação de algumas personalidades que fizeram uso da imprensa e nela participaram.

As propostas de artigos devem respeitar escrupulosamente as normas da Revista de História das Ideias  https://impactum-journals.uc.pt/rhi/about/submissions e ser submetidas até 30 de junho de 2021 através da plataforma Open Journal Systems (http://impactum-journals.uc.pt/rhi/submission/wizard)

Coordenadores do volume: Isabel Nobre Vargues | Isabel Lustosa

Ler mais sobre Convite à apresentação de artigos nº 40, 2022 – Dossiê Temático: Imprensa, Independência e Constituição – Prazo de entrega 30 de junho de 2021

Número Atual

Vol. 38 (2020): Exílios e Exilados
					Ver Vol. 38 (2020): Exílios e Exilados
Publicado: 2020-05-22

Número Completo

Nota de Apresentação

Artigos

Ver Todos os Números