Os 20 anos da comunidade dos países de língua portuguesa na imprensa brasileira: discutindo as condições para uma communitas possível

  • José Christian Góes
  • Elton Antunes

Resumo

O presente estudo analisa as informações que a imprensa brasileira vem divulgando acerca da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP), que completa 20 anos em 2016. Segundo as ideias de communitas trabalhadas por Roberto Esposito (2012), o que une os membros de uma comunidade é uma falta, uma carência, gerando uma obrigação, um dever recíproco e fraterno. Nessas condições, a CPLP pode ser imaginada como uma communitas possível? No caso do Brasil, o desafio começa pelo enfrentamento da invisibilização da comunidade. Nossa investigação revelou que, desde o início, a CPLP esteve ausente nos dois maiores jornais brasileiros: Folha de S. Paulo e O Globo. Até os poucos registros encontrados são exemplares para debater esse não reconhecimento. Todavia, as construções identitárias entre os povos da CPLP, as condições históricas comuns e a conjuntura contemporânea são potencialidades que provocam uma discussão sobre essa comunidade na perspectiva da communitas.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2016-10-11
Como Citar
GÓES, José Christian; ANTUNES, Elton. Os 20 anos da comunidade dos países de língua portuguesa na imprensa brasileira: discutindo as condições para uma communitas possível. Media & Jornalismo, [S.l.], v. 16, n. 29, p. 169-189, out. 2016. ISSN 2183-5462. Disponível em: <http://impactum-journals.uc.pt/mj/article/view/3745>. Acesso em: 21 ago. 2017.

Palavras-chave

CPLP, comunidade, communitas, lusofonia, identidades