Capa da Revista de Estudos Literários n.º 3

Encontrando-se em evidente situação de perda, o Ensino da Literatura vê-se hoje cada vez mais questionado na Escola e na Universidade. Inquirir as razões do fenómeno e saber como é que ele pode ser enfrentado no plano institucional e no plano das práticas concretas constitui o objetivo do número 3 da Revista de Estudos Literários. Neste sentido, o volume equaciona problemas de caráter geral como a questão do ensino da língua e da literatura ou o testemunho que  professores-escritores legaram da sua experiência, contrariada, relutante ou entusiasta. Numa perspetiva mais prática, analisa-se o programa de Português do ensino básico, em vigor desde 2009, destacando o reforço do espaço concedido ao texto literário, de complexidade e extensão varíavel, clássico e contemporâneo, e ensaiam-se propostas didáticas iluminadoras de um cânone que continua a suscitar fé inabalável, desde a epopeia ou a verve parodística, que ambiguamente reescreve modelos consagrados, à adaptação neutralizadora da opacidade do clássico, para consumo escolar. Num registo menos endógeno, sugere-se o diálogo interartes, integrador do texto literário num concerto de afinidades ou a instigação ética como forma de explorar o potencial formativo da literatura. Já fora do âmbito da formação académica obrigatória, discutem-se ainda as virtualidades didáticas da literatura na lecionação do Português como língua estrangeira, envolvendo a candente questão da interculturalidade, e na formação superior em Jornalismo.

Publicado: 2017-07-31

Introdução

Secção Não-Temática

Profissão

Arquivo

Sobre os Autores

Recensões