Adaptação Pessoal e Emocional em Contexto Universitário: O Contributo da Personalidade, Suporte Social e Inteligência Emocional

Autores

  • Rita Antunes Tomás Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação da Universidade de Coimbra.
  • Joaquim Armando Ferreira Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação da Universidade de Coimbra.
  • Alexandra M. Araújo Instituto de Educação da Universidade do Minho. A autora foi apoiada através da atribuição de uma bolsa de investigação de pós‑doutoramento pela Fundação para a Ciência e Tecnologia (SFRH/BPD/85856/2012).
  • Leandro S. Almeida Instituto de Educação da Universidade do Minho.

DOI:

https://doi.org/10.14195/1647-8614_48-2_5

Palavras-chave:

adaptação pessoal e emocional, ensino superior, personalidade, suporte social, inteligência emocional

Resumo

A adaptação ao ensino superior tem sido amplamente estudada, dadas as dificuldades vivenciadas por uma percentagem significativa de estudantes, e que resultam em insucesso escolar e abandono. O objetivo do presente trabalho é analisar em que medida a personalidade, o suporte social e a inteligência emocional se relacionam com a adaptação pessoal e emocional dos estudantes ao contexto universitário. Participaram neste estudo 217 estudantes do primeiro ano da Universidade de Coimbra. Os resultados mostram que existem diferenças significativas entre sexos no que respeita aos fatores de personalidade – amabilidade e neuroticismo ‑, bem como na dimensão atenção às emoções da variável inteligência emocional. As análises preditivas permitem concluir que a personalidade e o suporte social exercem poder preditivo sobre a adaptação pessoal e emocional dos estudantes à universidade.

Downloads

Não há dados estatísticos.

##submission.downloads##

Publicado

2015-07-09

Como Citar

Tomás, R. A., Ferreira, J. A., Araújo, A. M., & Almeida, L. S. (2015). Adaptação Pessoal e Emocional em Contexto Universitário: O Contributo da Personalidade, Suporte Social e Inteligência Emocional. Revista Portuguesa De Pedagogia, 2(1), pp. 87-107. https://doi.org/10.14195/1647-8614_48-2_5

Edição

Secção

Artigos